10 setembro 2012

Um pouco do lar doce lar de : Adriana Barra!

Oi gente,

Quero trocar umas impressões com vocês sobre um tema que muito me agrada: DECORAÇÃO.
Decoração pra mim , está intimamente relacionada ao bem estar e aconchego,curto demais casas que respeitam a história dos seus moradores, que tem objetos que muitas vezes descombinam, se avaliados pelo senso comum.Mas vai lá conhecer a história por trás do móvel,do objeto.
Isso pra mim é décor com alma , com vontade.Quantas pessoas que são grosseiras e se acham 'sinceras', que não medem palavras para 'tachar' o lar dos outros de 'bregas, cafonas e etc.Eu sei que quando você resolve mostrar sua casa em um site, ou revista, você estará , inevitavelmente exposto,mas do que estou falando não é de opiniões diferentes, mas sim de criticas bobas e sem sentido.Não sei se vocês já passaram por algo parecido, mas o meu perfil nas comunidades Casa Claudia, Minha Casa e Casa e Jardim , estavam sendo visitado por pessoas desagradáveis, que chegaram a deixar em um dia , 20 mensagens chamando umas fotos de "o óoooo do cafona".Desagradável, não ?
Mas eu toquei nesse assunto apenas pra ilustrar e reforçar o conceito vivido pela estilista Adriana Barra, que em seu lar deve prevalecer o que te faça feliz, um lugar de descanso e ALEGRIA :
"O ato de decorar a "casa" não deveria ser levado "tão" a sério." Adriana Barra

Vamos conhecer o lar dessa artista ?
Foto Lufe Gomes 
A estante TREM TREME, da Triptyque...os objetos não foram colocados de qualquer jeito,
foram organizados pela forma, cor e volume.
“Monto cada nicho como se fosse uma colagem, um quadro. Há critério na escolha de
formas, cores, volumes. Sou livre para juntar o que eu gosto”



Foto Lufe Gomes
O sofá Moroso com sua estampa, sua marca.
A grife italiana se encantou com "a moça brasileira".
E Essa geladeira antiga, "vestida" de Jack Daniels?!


Foto Lufe Gomes

Há um ano neste sobrado de 400 m² na capital paulista, a designer de estampas Adriana Barra mostra um ninho repleto de suas paixões. E diz que o ato de decorar a casa não deveria ser levado tão a sério.

Adriana Barra, 38 anos. A estilista, a designer de estampas extravagantes e coloridas, o nome, a marca. No trabalho, empresária exigente, que não sorri de graça, que tem dificuldade em aceitar o resultado “quase” perfeito. Na casa onde vive em São Paulo com os filhos, Amèlie, 8 anos, e Aly, 3 e meio, essa mulher tão intensa e cheia de nuances prefere ser Adriana Carvalho Barra, simplesmente. Na prática, significa andar descalça e soltar o cabelo, manter ressalvas ao glamour do mundo fashion, receber pouco, sair pouco, pegar leve. Embora já praticasse isso nas casas anteriores, a mudança para o novo endereço reafirmou um estilo de vida: passar as manhãs dando atenção às crianças antes de elas irem para a escola. Ser mãe um pouco mais. Olhando e-mails de vez em quando, é claro, mas ali, presente. Leia Mais -CASA E JARDIM
Foto Lufe Gomes 
Foto Lufe Gomes

“As pessoas têm medo de decorar. Consideram-se leigas naquilo que só cabe a elas.
Decoração é um assunto que não deveria ser levado tão a sério”, diz. 
Adriana Barra, estilista.
Foto Lufe Gomes

Foto Lufe Gomes

Foto Lufe Gomes

Foto Lufe Gomes

Na bancada, duas bandejas de prata exibem perfumes e cremes,arrumados de forma perfeita!

“Minha escolha, nesta casa, é viver momentos felizes”
Adriana Barra

Isso mesmo,Adriana, e nós assinamos embaixo!!!!

Beijo no coração !!!!


“Não sacrifique o dia de hoje pelo de amanhã.
Se você se sente infeliz agora, tome alguma providência
 agora, pois só na seqüência dos agoras é que você existe.”
Clarice Lispector

Postar um comentário